Estilos de Karate
Wado Ryu



Origem do estilo Wado Ryu


O Shinto-Yoshin Ryum Jiu Jitsu, praticado durante trinta anos pelo professor Hironori Orsuka, acentuava o Atemi, as imobilizações, as esquivas e os golpes de impacto com os membros, além dos arremessos e projeções que a maioria das escolas de Jiu Jitsu utilizava.

Hironori Otsuka, que aos 29 anos tornava-se mestre em Jiu Jitsu (01/06/1921 – conforme registros) tomou contato com o karate de Okinawa através de uma demonstração pública feita por Gishin Funakoshi e equipe em 1922.

Apresentou-se no ginásio Meisho-juku, onde, segundo suas próprias palavras: “Funakoshi san, recebeu-me muito bem e disse que me ensinaria de bom grado o karate” e ainda completa: “Ele era surpreendentemente franco e aberto e de espírito puro...”.

Com dedicação integral, Otsuka passa a praticar o karate com o mestre Funakoshi, quem lhe confiava a organização de muitas tarefas, bem como a assistência na instrução aos estudantes de karate.

A partir de então, Otsuka passa a amadurecer idéias sobre a mescla das técnicas do atemi, esquivas e Nague Waza do seu Jiu Jitsu ao karate, onde já se tornara um respeitado especialista.

Nesta mesma época (1929), organiza o primeiro clube de karate na Universidade de Tóquio e introduz neste mesmo ano o estudo do estilo livre de luta em jogos competitivos, criando a base dos atuais torneios de karate.

Otsuka estabelece então uma rede de academias nas várias universidades japonesas (Nodai, Rikyo, Nihon, Todai e Colégio Dental de Tóquio).

Finalmente em 1934, oficialmente, inaugura o seu próprio estilo de karate que em 1940 é oficializado pela Butoku-kai (órgão disciplinar e gestor das Artes Marciais no Japão) como o estilo Wado Ryu – “Escola do Caminho da Harmonia”.

Hironori Otsuka nos ensinou em sua poesia “TEM, CHI, JI NO RI-DO WASURU” que o caminho das Artes Marciais não deve ser meramente técnica de luta, mas o caminho da paz e harmonia.

A meta de prática desse estilo é trazer a paz e harmonia, o que é mais difícil de ser atingido do que a vitória pela violência.



Características do estilo Wado Ryu


Influenciado pelas técnicas do atemi e naghe waza do Jiu Jitsu, o Wado desenvolvido pelo Otsuka tem como fudamento o estudo da distância (maai), do tempo de ação (irimi) e da esquiva (taisabaki).

Muitas vezes o bloqueio é transformado num movimento de ataque de forma contínua, ou seja, o ataque e a defesa são considerados parte de um único movimento. O kensei (finta) e o taisabaque (esquiva) são arduamente trabalhados de modo que o oponente se exponha ao contra-ataque sem chance de defesa.

Utiliza-se também o tsukuri (chamar o ataque) e os atemis e bloqueios de ataques de forma direta sobre as articulações.

A facilidade que o mestre Otsuja encontrou no estudo do kumite deve-se muito à sua especialidade na área médica ortopédica de fraturas e ferimentos ocasionados em combate.

 
 

Federação Paulista de Karate - 36 anos
Rua Abílio Soares, nº 1.300 Ginásio "Mauro Pinheiro" Ibirapuera - São Paulo/SP - Brasil - CEP 04005-004
Telefones/Fax: (55 11) 3887-9880 / 3887-6493 - Funcionamento de segunda à sexta de 09:00 às 12:00 e de 13:00 às 18:00

A Federação Paulista de Karate é a entidade ofical do Estado de São Paulo
 ligada à Confederação Brasileira de Karate - CBK e esta à Federação Mundial de Karate - WKF
Direitos reservados à Federação Paulista de Karate - 1974 - 2010

 
  Site Map